O que avaliar antes de financiar um veículo?


Comprar um carro é o sonho de muita gente, mas não basta apenas escolher o modelo e comprar. Uma das alternativas para conquistar seu próprio veículo é o financiamento.

Financiar um veículo é uma maneira de simplificar a realização deste desejo. Mas a verdade é que antes de ir atrás desta linha de crédito, o cliente precisa levar algumas questões em consideração.

Neste post vamos falar sobre esse tema e o que é preciso antes de fechar contrato.

Como funciona o financiamento de veículo?

O financiamento de compra é feito através do CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e pode ser realizado por diferentes bancos. Essa linha de crédito é ofertada por bancos particulares e privados.

Existe também a opção do Leasing em que o cliente aluga o veículo por um determinado período e vai pagando as prestações. Ao pagar a última mensalidade, o cliente se torna proprietário do carro/moto.

Outra modalidade disponível é consórcio. Nessa opção, o futuro comprador se une a outros interessados em um grupo, organizado por uma empresa administradora. O cliente vai efetuando o pagamento das parcelas e espera terminar para ter o veículo ou pode ser contemplado no sorteio, que acontece uma vez por mês.

No consórcio também é possível fazer um lance e quitar o que falta de parcelas, mas neste caso leva quem oferecer o maior valor.

Dicas na hora de financiar um veículo

Pague a entrada

É possível conseguir financiamento de 100% do veículo, porém as condições são mais difíceis. Por isso o ideal é pagar uma entrada e financiar o restante. Procure juntar dinheiro antes de solicitar o financiamento.

Pesquise as instituições financeiras

Não feche contrato com o primeiro banco disponível. Consulte todas as condições para o financiamento e busque informações sobre a empresa escolhida.

Olhe o histórico da instituição e veja o que os clientes têm falado a respeito

Defina o tipo de financiamento

Como já citamos, existem três tipos de financiamento: o CDC, o Leasing e o consórcio. Cada um deles têm suas particularidades e é preciso analisar qual se encaixa melhor no seu planejamento.

Calcule o valor que pode pagar

Em qualquer tipo de crédito, seja um empréstimo pessoal ou um financiamento, é importante não comprometer boa parte da renda. O ideal é que a parcela seja de, no máximo, 30% da renda sua mensal.

Analise as condições

Antes de definir seu financiamento, verifique as condições que cada banco oferece. Escolha o que lhe ofereça as melhores taxas de juros e com um prazo de pagamento que caiba no seu bolso.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.