Como funciona um financiamento estudantil?


O financiamento estudantil é uma ótima oportunidade para quem quer cursar o ensino superior particular, mas não tem condições de pagar as mensalidades.

A ideia é ajudar estudantes que queiram ter um diploma de graduação e que não podem ter sua renda comprometida. Por isso, nesse post, vamos falar a respeito desse tipo de financiamento e como ele funciona.

O que é financiamento estudantil?

Primeiramente é preciso entender que existem dois tipos de financiamento: o público e o privado.

O primeiro é o mais conhecido, o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Ele é administrado pelo MEC (Ministério da Educação) e funciona da seguinte forma: o estudante paga a faculdade através de subsídios do governo federal. Ao fim do curso é preciso pagar as mensalidades com taxas de juros. Mas para ter acesso a essa opção é obrigatório que o aluno tenha feito o Enem.

Já no caso do financiamento particular não existe a exigência de ter feito o Enem. Além disso, o subsídio vem de empresas privadas e não do governo.
As condições para o crédito com empresas privadas é variável e vai depender do contrato de cada uma delas.

Quais são os requisitos para solicitar o financiamento?

Como já citamos, no caso do Fies é obrigatório ter feito o Enem. Já no financiamento privado o estudante precisa estar com o nome limpo nos serviços de proteção ao crédito. Além disso é preciso comprovar renda e ser correntista do banco onde pretende conseguir o crédito.

Como se inscrever para ter acesso ao financiamento?

A inscrição no Fies pode ser feita diretamente no site oficial do programa. Mas é preciso inserir os dados solicitados, principalmente o CPF.

O cadastro será analisado e a resposta pode ser confirmada diretamente no portal.

No caso de um financiamento privado, o aluno precisa entrar em contato com o banco que deseja contratar. Nele será feita uma análise de crédito e por isso é preciso apresentar todas as informações pedidas pela instituilção.

Lembrando que na segunda opção é possível encontrar os bancos através da própria universidade.

Quer saber mais sobre financiamento estudantil? Acesse o nosso blog e leia mais conteúdos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.