Como funciona o consórcio de motos?


Muitas pessoas apostam no consórcio na hora de adquirir sua primeira moto. Essa é uma modalidade muito comum e que possui algumas particularidades.

O consórcio é uma ótima alternativa para quem não possui o valor para comprar o veículo à vista.

Uma empresa credenciada e fiscalizada pelo Banco Central fica responsável por administrar os grupos de consórcio. Estes são formados por pessoas que tenham interesse em adquirir uma motocicleta.

Os participantes destes grupos iniciam o pagamento de parcelas mensais. O valor total fica disponível para cobrir as cartas de crédito de quem é contemplado.

Todos os meses, um dos consorciados tem o direito de dar um lance e já levar a moto. Isso vai acontecendo até que todos os participantes do grupo tenham adquirido o seu veículo.

Quais as formas de participar de um consórcio de moto?

Os grupos de consórcio pode ser formados de duas maneiras diferentes:

O primeiro é aquele que ainda está em formação, por isso são inseridos novos participantes mesmo que ele já esteja ativo e recebendo pagamentos.

No segundo caso é o grupo já formado e que também está ativo. Nessa opção é possível comprar uma cota diretamente com a administradora ou a de transferência, onde a compra é feita com outro participante.

Como participar de um grupo?

O primeiro passo é encontrar uma administradora que seja credenciada ao Banco Central. Além disso é preciso levar em consideração o histórico da empresa.

Em seguida, analise as cartas de crédito disponíveis e quais o valores de cada uma. O ideal é buscar por uma mensalidade que se encaixe na sua renda mensal. Isso é importante porque os pagamentos em atraso podem atrapalhar na hora de conseguir a carta de crédito.

Analise os grupos disponíveis para participação e quais as chances de conseguir uma carta de crédito com mais rapidez.

Pagamento das parcelas

Assim que há a assinatura do contrato, o cliente recebe os boletos para o pagamento das parcelas. Mas também há a possibilidade de retirá-los online.

No consórcio de motos não existe taxa de adesão e também não há necessidade de pagar entrada.

Aqueles que atrasarem o pagamento, acabam perdendo o direito de participar do sorteio de concessão da carta de crédito. Essa possibilidade só é recuperada após todos os valores serem quitados.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.